Escova Progressiva – Guia Completo




Escova Progressiva – Guia CompletoVolume e frizz dominados, madeixas alinhadas e lisas com naturalidade já são realidade para grande parte das mulheres de todo país, e o melhor, com preços muito acessíveis, você certamente já ouviu falar em escova progressiva, conheça hoje os milagres da tão famosa técnica.

O que notamos nas feiras de cosméticos no Brasil é que o mercado nacional vem se especializando cada vez mais na fabricação de escovas progressivas.




A escova progressiva promete a revolução em termos de tratamento e alisamento dos cabelos, a proposta da maioria das escovas desenvolvidas hoje é aliar o máximo de benefícios em um único produto, visando com isto tornar todo o processo mais prático e rápido.

Você Sabia?!

Você sabia que é possível fazer um curso de cabeleireiros com certificado através da internet? Clique Aqui para se tornar um cabeleireiro profissional em 3 passos.​

Produtos para efeito liso nos cabelos

Existem muitas opções de tratamentos para madeixas, elas vão desde uma escova temporária com duração programada até o alisamento definitivo.

Em meados dos anos 90 os cabelos alisados tomaram conta do gosto popular, grande parte das indústrias cosméticas brasileiras se voltaram ao desenvolvimento de produtos que permitissem o alisamento dos fios, seja de maneira programada ou definitivamente.



Com o passar dos anos e a crescente demanda por esta categoria de produtos, a tecnologia foi se instalando e novas técnicas e matérias primas descobertas e exploradas.

Hoje a indústria está constantemente a procura de produtos que garantam o liso perfeito e com o menor grau de danos possível as madeixas.

Obs: Apesar de tanta tecnologia e estudos aplicados ainda se trata de procedimentos que merecem cautela e bom senso em suas utilizações.

Existe tanta oferta destes tipos de produtos que é fácil se confundir no momento de optar por um, embora a proposta da maioria seja a redução de volume, alinhamento dos fios e redução de danos e frizz é preciso saber escolher o indicado para o tipo de cabelo em questão.

Quais os tipos de produtos para alisar os cabelos e os seus efeitos

A proposta da escova progressiva é domar as madeixas progressivamente, ou seja, enquanto mais fizer o procedimento mais lisos os cabelos ficarão, e de maneira menos invasiva possível, sem ter que alterar ou quebrar nenhuma ligação de aminoácidos (baseadas em ligações de enxofre- pontes de cistina) da fibra capilar.

Hoje o mercado oferece muitos produtos que agem gradativamente, assim como as escovas progressivas, mas com diferentes denominações, porém a proposta é praticamente a mesma, trabalha frequentemente com vitaminas, queratina e aminoácidos.

Portanto, o mais relevante em se tratando de escovas é saber que existem os produtos que modificam a estrutura da fibra capilar e os de efeito temporário que agem superficialmente.

As técnicas definitivas:

As técnicas que alisam os cabelos de forma definitiva, lançam mão de ativos que alteram a estrutura interna da fibra capilar, a maioria a base de hidróxido de sódio, de guanidina, e cálcio e o tioglicolato de amônio.

Estes procedimentos exigem muito dos fios de cabelo, devem ser evitados por quem faz uso de descoloração, como mechas e luzes, excesso de tintura a base de amônia ou possui cabelos muito elásticos e porosos.

As técnicas definitivas são invasivas, portanto, exigem uma pré avaliação criteriosa por parte do profissional, são elas as grandes responsáveis por cerca de 80% dos conflitos químicos e consequentemente estragos de grau acentuado causados aos cabelos.

Cabelos quimicamente tratados com alisamento ou relaxamento merecem cuidados específicos para compensar o desgaste que todo o processo gera.

Os compostos que alisam ou relaxam os fios são de pH bem alcalino, acima de 9 e trazem danos á fibra, mas só assim tornam os fios permeáveis para posterior ação, através da abertura das cutículas dos fios, por esta razão são necessários.

O alisamento alisa os cabelos definitivamente, e o relaxamento somente desmancha os cachos.

Técnicas temporárias

As escovas temporárias, ou escovas progressivas, não são consideradas alisamento e seus resultados poderão variar de um cabelo para outro. A técnica e os produtos empregados não mudam a estrutura da fibra capilar, contem ingredientes que ajudam a reparar os danos nos cabelos como porosidade, desidratação, excesso de volume e frizz, elas na realidade selam as cutículas e dão peso e movimento aos fios.

O resultado destes procedimentos é um cabelos com aparência mais lisa e natural, que vão perdendo o efeito a medida que os fios forem lavados, duram aproximadamente até 90 dias.

A demanda da escova progressiva ou temporária

O procedimento de escova progressiva é um dos mais procurados nos salões de todo o Brasil, o negócio é tão lucrativo que agregada as escovas temporárias vem sendo oferecido todo um pacote de tratamentos para continuidade do efeito.

A indústria de cosméticos esta constantemente trabalhando fórmulas para as escovas, e junto com elas desenvolvendo maneiras mais práticas e fáceis de aplicação, já que com banimento dos produtos á base de formol toda a clientela que fazia uso da escova passou a procurar por novos produtos para escova progressiva, mais seguros e tão eficazes quanto os que continham formol.

Existe uma parcela da usuárias da tão popular escova progressiva, a base de formol, que ainda reluta na aceitação de novos produtos livres do ativo, realmente, estas progressivas proporcionavam um efeito lindíssimo as madeixas instantaneamente mas também danos significativos aos cabelos, que só serão percebidos com o decorrer do tempo.

O resultado da proibição do formol na realidade foi bem proveitoso para a clientela em geral, já que o mercado passou a investir em produtos de ativos com concentrações menores de química e mais agentes de efeito benéfico aos cabelos como óleos, minerais, agentes naturais, vitaminas e emolientes.

Avaliando e indicando a química certa

Para avaliação e escolha do melhor procedimento para os cabelos, é necessário que o cabeleireiro faça dois testes, o da mecha e o de tração.

Como fazer o teste da mecha:

No teste da mecha passe o produto em diferentes regiões dos cabelos, envolva-o com o papel higiênico aguarde o tempo indicado pelo fabricante e cheque a resistência dos fios para se certificar de que aguentarão o procedimento.

Como fazer o teste da tração:

No teste da tração, com auxílio de um pente tracione um fio, se ele estiver pouco elástico e arrebentar com facilidade ou arrepiar é sinal de que o alisamentos ou químicas fortes são desaconselháveis.

Se o alisamento não for possível deve-se recorrer as escovas temporárias, e de preferência as que ofereçam de imediato os nutrientes que os cabelos estão precisando.

Mas atenção com a crescente oferta de produtos é necessário ficar de olho nos ativos polêmicos que surgem a cada dia, procure estar optando por cosméticos que tenham a liberação da Anvisa e sejam de procedência.

Método mais comum de aplicação da progressiva

Cada escova progressiva tem seu método de aplicação desenvolvido pelo fabricante, ele irá variar conforme os ativos contidos em sua fórmula.

Mas de maneira geral a maioria das escovas progressivas segue as seguintes etapas:

  • Aplicação do shampoo, geralmente de limpeza profunda ou anti resíduo (Obs. Se for a primeira vez que estiver fazendo a escova você poderá estar utilizando o shampoo de pH mais alto (anti resíduo), mas se já é adepta a estes tratamentos é melhor optar pelos shampoos de pH em torno de 5,5).
  • Secagem dos fios.
  • Aplicação do produto da escova progressiva.
  • Ação da escova progressiva.
  • Secar ou escovar os cabelos (a maioria das escovas progressivas já não necessita da escovação, secar os fios já basta).
  • Pranchar de 10 a 15 vezes as mechas.

Escova Progressiva – Guia Completo

A indicação de uma progressiva

A escova progressiva é indicada para pessoas de cabelos caucasianos, naturais ou que possuam química como alisamento, relaxamento, descoloração ou coloração e para cabelos muito finos e frágeis, tanto pelo efeito que proporciona aos fios quanto pelo processo químico, que é menos agressivo.

O efeito é de alisamento em cabelos ondulados, ou com pontas onduladas. Cerca de 70% de liso em cabelos cacheadinhos e 50% nos crespos. A progressiva também reduz o volume e frizz das madeixas.

As contraindicações da progressiva

A grande maioria das escovas temporárias como as progressivas não possui contra indicações (algumas são incompatíveis com cabelos com hena ou tintas metálicas), poderão ser aplicadas em qualquer pessoa desde que não haja reação alérgica á formula.

O desbotamento da cor dos cabelos após a escova progressiva

Observamos que as progressivas a base de cisteína causavam um certo desbotamento em cabelos tingidos, mas hoje já existe uma infinidade de produtos próprios para cabelos tingidos ou loiros.

Combinações de ativos nas escovas

A indústria da beleza vem criando e expondo seus produtos com uma gama muito grande de coquetéis, próprios para deixar os fios disciplinados, com menos volume e mais brilho, por esta razão você tem opção de optar pelo produto que mais lhe atende no momento.

Já é possível encontrar desde uma escova disciplinadora tradicional de duração de três meses, até a que dura algumas lavagens.

Agentes como óleos (de oliva, argan, sálvea, jojoba, macadâmia ou damasco), minerais e agentes naturais (açaí, cupuaçu, guaraná, e extrato de cashmere), emolientes (manteiga de karité, semi di lino) e vitaminas têm sido a grande aposta dos fabricantes.

Enquanto mais promessas de alisar e ao mesmo tempo tratar os cabelos maior a aceitação da escova pelos consumidores.

Ingredientes á base de proteína, como os aminoácidos e ativos produzidos pelo bicho da seda, tem muita afinidade com a queratina natural dos cabelos, eles agem como adesivo que fecha a cutícula estragada, preenchem os vazios e encorpam o fio, além de reduzirem o volume.

Os ativos que proporcionam um liso temporário nas escovas

Efeito de até uma semana:

Produtos com provitamina B5, copolímero VP/VA e silanetriol conferem maleabilidade as madeixas por até uma semana. A provitamina B5 age como protetor e condiciona os fios, o copolímero VP/VA forma um filme flexível ao redor do fio que proporciona mais luminosidade além de encorpar a fibra e o silanetriol hidrata os cabelos.

O mercado investe em produtos para uso diário com estes ativos, para manter os fios alinhados e a escovação com efeito mais duradouro, que suportem as ações do tempo.

Efeito de até trinta dias:

Escovas com ativos como vitaminas, queratina, aminoácidos e oligoelementos conferem efeito mais liso e disciplinado de até trinta dias. Para que o resultado seja mais duradouro é preciso conciliar ao tratamento kits de manutenção para uso doméstico, adequados para o tipo de cabelo.

Efeito de até noventa dias:

As escovas progressivas á base de carbocisteína ou oxeoacetamidas de carbocisteína em conjunto com uma cadeia de proteínas ácidas domam os fios por até três meses.

Apesar destas substâncias ainda serem estudadas elas possibilitam o tratamento para qualquer tipo de cabelo inclusive os quimicamente tratados, desde que haja o teste da mecha, que jamais poderá ser dispensado.

As escovas temporárias proporcionam o liso gradativo, ou progressivo, a medida que forem sendo utilizadas mais cumulativo será o efeito.

Nos cabelos ondulados o efeito liso já é constatado após a primeira aplicação.

O mais interessante é que estas escovas progressivas possuem pH bem baixo, portanto, são significativamente menos invasivas e danosas a fibra capilar.

As fórmulas com química

Há quem considere as escovas que contém ativos alisantes, como tioglicolato de amônio ou etanolamina, como temporárias, já que combinadas a outros agentes como queratina hidrolisada, manteigas, ácidos graxos ou extratos agem de maneira mais suave, mas ressaltamos que estes agentes mexem com a estrutura interna dos fios.

Atenção:

Fórmulas com formaldeído, ácido fórmico, glutaraldeído são proibidas pela Anvisa. Estes compostos quando aquecidos formam uma fumaça tóxica além da penetração do produto no couro cabeludo. Se já fez alguma progressiva com formol já deve ter notado o quanto a raiz fica oleosa, isto é efeito da defesa que a pele encontra para se defender do produto, e é justamente esta que causa a queda dos fios. O efeito destas escovas é imediato a aparência realmente é boa, mas o que acontece é que elas agem somente por fora, por dentro a fibra continua danificada.

A Anvisa classifica os produtos para cabelos como de grau 2 os que agem internamente nos fios de cabelo, ou seja, os que modificam a estrutura dos fios (alisamento e relaxamento), e de grau 1 os que apenas tratam os fios.

A manutenção da escova progressiva

A boa manutenção é indicada para manter a escova progressiva agindo por mais tempo.

Em se tratando de escovas disciplinadoras o mercado é bastante inovador e é por esta razão que também desenvolve os kits para manutenção de suas escovas, mas se não for possível adquirir os produtos para pós tratamento a dica é:

Shampoo de pH mais ácido, em torno de 5,5 é ideal para manter as cutículas fechadinhas por mais tempo, não se assuste com a palavra ácido, tanto os cabelos quanto o couro cabeludo apresentam uma camada ácida naturalmente.

Shampoos sem sal, a ausência de cloreto de sódio, garante efeito mais duradouro das madeixas com escova progressiva. Mas atenção não é somente este sal que está contido na fórmula dos shampoos, eles necessitam de algum outro tipo para garantir sua espuma e espessamento. Espuma X Qualidade, a quantidade de espuma no shampoo não indica qualidade, a higienização ocorre em decorrência de outros ativos da fórmula.

O ideal para aplicação do shampoo é estar utilizando-o duas vezes no momento da higienização dos cabelos, a quantidade para uso é de aproximadamente o equivalente a uma moedinha na palma da mão.

Os ácidos graxos são bem vindos, além das manteigas hidratantes e óleos emolientes dos condicionadores, não tenha medo de hidratar os cabelos de progressiva com máscaras.

Tingir ou fazer a escova progressiva primeiro nos cabelos?

O ideal é estar fazendo a escova progressiva primeiro e tingir depois, isto evita a oxidação e desbotamento da cor dos cabelos, e se possível utilizar tinturas sem amônia.

Para descoloração é ao contrário, se for fazer luzes ou mechas, ou qualquer outro procedimento com descolorante, é indicado que se faça antes da escova progressiva, pois a ação do produto poderá comprometer a progressiva. Se após a progressiva as luzes amarelarem ou alaranjarem neutralize o efeito, as nuances com cor reflexo irisado e acinzentado, respectivamente, são as utilizadas no processo.

E você o que acrescentaria neste artigo sobre escova progressiva?




 

Dica Importante!

O sucesso de um cabeleireiro está no quanto ele é conhecido e respeidado, assim é muito importante aprender e se manter atualizado, seja através de cursos presenciais ou cursos como o Curso de Cabeleireiro Pro Hair, onde é possível aprender técnicas profissionais em casa. Invista em VOCÊ!

7 COMENTÁRIOS

  1. Gostaria de saber quais tipos de cortes para cabelos com a progressiva. Queria manter meu cabelo longo e que o corte ajude quando eu for modelar ele.

  2. Oi boa tarde, fiz uma progressiva sem formou a Salon line, e gostaria de saber depois de quanto tempo posso fazer novamente no cabelo todo.
    gostaria muito da sua resposta

  3. o artigo é muito bom, mas faltou falar das opções de corte (longos, médios e curtos). Tenho pouco cabelo e progressiva, gostaria de fazer um corte diferenciado para dar um pouco de volume, mas não quero ele curto!! Obrigada :*

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here